Belphegor: “mais retalhamento, mais mágica, mais sangue”

  • Post author:
  • Post published:25 de julho de 2011

Em entrevista para a quarta edição da revista virtual HELL DIVINE (que é totalmente gratuita e pode ser lida aqui: http://j.mp/olBHH9), o BELPHEGOR, importante nome do Death/Black Metal atual, através do líder Helmuth, comentou sobre o surgimento da banda, suas influências e como funciona o processo de composição, além de outros assuntos. Na questão abaixo, Helmuth fala sobre o novo álbum, “Walpurgis Rites – Hexenwahn”, e a influência de música clássica exercida em uma de suas faixas.

“HELL DIVINE: Sob seu ponto de vista, quais são as principais diferenças em termos de composição do seu novo trabalho e “Walpurgis Rites – Hexenwahn”?

Helmuth: Não comparo álbuns, cara, mas o novo monstro é muito especial para mim. Nos desenvolvemos muito musicalmente; para escrever, criar e gravar esse álbum foi muito trabalhoso. Mais retalhamento, mais sangue, mais mágico. É a primeira vez que usamos uma orquestra em nossa produção, o que dá um toque assombroso aqui e ali. Por exemplo, na primeira faixa, “In Blood – Devour This Sanctity”, a melodia do coro foi inspirada no compositor clássico Johannes Brahms em seu clássico “Hungarian Dance #1” (1833 – 1897). Explorei essa melodia… É majestoso, Brahms é incrível! Desde os meus 14 anos tenho essa visão e agora estou tomando parte nisso. Também temos um violino aqui. Nossa faixa-título é uma obra da morte de sete minutos e trabalhos oito meses na composição desse hino. Ficamos focados nos arranjos, em tudo detalhadamente como malditas máquinas. Você encontraria tudo lá, murmúrios, cantos, coros, violões, trechos depressivos seguidos de blast beats. Estou realmente orgulhoso – o som mais variado e difícil que já criamos. Por fim, finalizamos o álbum com uma faixa incrivelmente rápida e agressiva intitulada “Sado Messiah”, completamente diferente das faixas lentas que criamos nos últimos álbuns. Todas as faixas soam como gostaríamos que elas soassem, em 2011.”

Confira também na revista HELL DIVINE, que é disponibilizada de forma gratuita para leitura e download nos links abaixo, entrevistas exclusivas com Artillery, Tankard, Arch Enemy, Deicide, Shadowside, Of the Archaengel, Bywar, The Ocean, Dynahead e o artista gráfico Mike Hrubovcak.

Ao todo são 80 páginas, contendo diversas colunas, além de resenhas de CDs, DVDs e shows. A revista está disponibilizada em formato PDF, mas, pode ser visualizada na tela sem necessidade de download. Para fazer o download gratuito da revista, acesse o link informado abaixo; para abrir o arquivo PDF em seu computador, é obrigatória a instalação do programa ACROBAT READER, que pode ser baixado gratuitamente através do site: http://get.adobe.com/br/reader

Download da revista:

http://www.mediafire.com/?l50rfk6kk6fbalk

Para visualizar na tela, acesse:

http://j.mp/olBHH9

Contatos:

Site: www.helldivine.com

Myspace: http://www.myspace.com/helldivine

Facebook: http://www.facebook.com/helldivine

Twitter: http://twitter.com/helldivine

Assessoria de Imprensa: [email protected]

 

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe uma resposta