Katatonia: baterista Daniel Liljekvist deixa a banda

Katatonia
Daniel Liljekvist (à esq.) deixa o Katatonia

Nesta manhã, por meio de comunicado no site oficial da banda, o baterista Daniel Liljekvist informou que não faz mais parte do Katatonia. A separação é amigável e os integrantes remanescentes afirmaram que aceitam e respeitam a decisão de Daniel, que optou passar mais tempo com sua família e encontrar um “trabalho normal”. As duas partes, no entanto, culpam as condições atuais da indústria musical pela sua saída.

A banda comentou: “Nada dura para sempre e todas as coisas boas chegam ao fim mais cedo ou mais tarde. Isso fica muito mais frustrante quando acontece pelas razões erradas ou antes de chegar ao seu término.

Não podemos fingir que o clima atual não tem nada a ver – isso é, inegavelmente, mais um resultado de músicos que lutam na atual cena/indústria. Tragicamente, essa situação forçou um membro, um irmão – e os fãs de nosso baterista de longa data – a se demitir da banda que ele sacrificou uma década e meia para construir”.

Liljekvist explicou: “Eu tenho pensado sobre isso nos últimos dois meses. Eu não consigo aliar trabalho, família e compromisso de 100% com o Katatonia. Os tempos estão difíceis para os músicos. Eu decidi me concentrar na minha família e encontrar um trabalho normal que pague as minhas contas”.

A turnê Dethroned & Uncrowned: Unplugged & Reworked seguirá como planejada e contará com JP Asplund na bateria. O músico já trabalhou com a banda nos dois últimos álbuns de estúdio. Daniel Moilanen tocará durante os festivais de verão.

Essa é a segunda mudança na formação do Katatonia em dois meses – eles se separaram do guitarrista Per Eriksson por “diferença de ideias”. Ele será substituído na turnê por Bruce Soord, do The Pineapple Thief.

Fonte: Metal Hammer

Renata Santos

Sou formada em jornalismo e colaboro com sites de música há quase dez anos. Integro a equipe do Portal do Inferno desde 2011.