Kiss: herdeiros de Eric Carr processam banda por royalties

Eric Carr

De acordo com o New York Post, os herdeiros de Eric Carr, baterista do Kiss, falecido em 1991, entraram com um processo contra a banda por falta de pagamento de direitos autorais.

A queixa afirma a propriedade de direito de 5 a 50% em quatro músicas que Carr, que morreu em decorrência de um câncer, escreveu: Breakout, Carr Jam 1981, Carr Jam 1991 e Little Caesar.

Os herdeiros, que têm recebido os direitos autorais da American Society of Composers, Authors and Publishers (ASCAP), decidiram entrar com a ação após perceberem que eles também deveriam receber pagamentos de diversas companhias relacionadas ao Kiss, incluindo do grupo atual, de duas editoras e da Gene Simmons Worldwide Inc.

“Eles acharam que estavam recebendo tudo de apenas uma fonte”, disse o advogado Robert Garson, ao New York Post.

Carr entrou para o Kiss em 1980, após a saída do baterista original Peter Criss. Ele gravou oito álbuns com o grupo, sendo o primeiro Music From ‘The Elder, em 1981. Sua última gravação registrada foi Hot in the Shade, lançado em 1989.

Fonte: Blabbermouth

Renata Santos

Sou formada em jornalismo e colaboro com sites de música há quase dez anos. Integro a equipe do Portal do Inferno desde 2011.