Lothlöryen: Uma banda mais madura e pronta – Augusto Lopes

  • Post author:

As palavras do título podem parecer de uma resenha, mas não são. São palavras retiradas de uma entrevista entre o Lothlöryen e o renomado produtor Augusto Lopes. Palavras que contém um peso enorme. Como já foi constatado em mais de uma dezena de resenhas, o Lothlöryene seu Raving Souls Society deram um salto enorme em qualidade musical e reconhecimento de mídia e público.

Parte dos méritos vai pra essa parceria entre banda e produtor que vem desde o disco anterior, Some Ways Back no More. Em um papo descontraído, Augusto Lopes responde algumas das perguntas do Lothlöryen, confira:

1 – Fale um pouco do seu currículo como produtor até aqui.
Trabalho em estúdio há 11 anos, tive o prazer de trabalhar com grandes bandas nacionais, como Threat, Hangar, Kiko Loureiro, Dr. Sin, Bywar e muitas outras.

2 – Quais são as bandas que você está trabalhando no momento?
Acabei de terminar o debut da banda Imminent Attack. No momento estou produzindo uma banda aqui de SP, ainda iniciante mas com um som matador, lembra Testament na fase The Gathering. Daqui a uns meses vai ser divulgado.

3 – Falando sobre o Lothlöryen, quais foram as diferenças principais que você notou em relação à produção do Some Ways back no More (2008) para o Raving Souls Society (2012)?
A banda chegou no estúdio muito mais madura e pronta, as composições estavam melhor finalizadas, enfim, houve uma evolução natural, provavelmente por conta da experiência que eles foram acumulando na estrada.

4 – Na sua opinião, o que tornou a produção do Lothlöryen mais difícil, as toneladas de arranjos das músicas, a distância ou as bebedeiras, rs?
Definitivamente os arranjos, rs. A músicas deles têm muitas camadas, exige um trabalho mais apurado na mix, fora que eles são bastante detalhistas e sabem o que querem, isso é muito bom.

5 – Entre os dois álbuns do Lothlöryen que você produziu, quais as músicas que deram mais trabalho para chegar no resultado ideal? Por quê?
Acho que o álbum anterior foi mais tenso, o final da produção foi insana, enviei a master por correio minutos antes de um vôo, eu estava indo para sete meses de turnê na Europa com o Torture Squad, qualquer erro ou mudança na mix não poderia ser ajustado depois, foram dias estressantes… rs

6 – Quais sãos os próximos projetos previstos para o Casanegra em 2012?
Neste ano estão aparecendo muitas bandas de Thrash, acho que em geral vou trampar bastante com esse estilo, o que eu adoro!

7 – Valeu Lopes pela entrevista, deixe um recado para as bandas que procuram por uma boa produção e não sabem ainda o que fazer:
Obrigado vocês pelo espaço! A única dica que eu consigo pensar é façam com calma e bem feito, esqueçam prazos quando esses são inventados pela própria banda, se não há motivo pra correr, não corra.

Para quem ainda não conheceu o resultado deste trabalho, pode conferir o clipe de Face Your Insanity, recentemente lançado pelo grupo.

Raving Souls Society foi lançado no Brasil pelo proeminente selo Shinigami Records e pode ser encontrado nas melhores lojas especializadas do Brasil.

 

Sites Relacionados:
www.lothloryen.com
www.facebook.com/leogodde
www.metalmedia.com.br/lothloryen

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário