A iguaçuense Tumulto está completando 25 anos de história e para marcar esta tão importante conquista, a banda decidiu rever seu primeiro trabalho, regravando o histórico split LP lançado em 1991, junto com o Morthal. O novo Conflitos Sociais virá acompanhado de três faixas extras. A turnê de lançamento já tem datas em Curitiba, em cidades de Santa Catarina e Foz do Iguaçu.

“Nada melhor para comemorar 25 anos com o trabalho que deu início a tudo”, conta o baterista Márcio Duarte. Fundada em 1991, a banda ganhou destaque pelo lançamento independente de um disco em vinil, numa época em que punks e headbangers tinham acesso quase que restrito as velhas fitas K7, copiadas de amigos que gostavam deste gênero.

“Outro motivo para a regravação, é o quanto o material está atual com o nosso cenário político no Brasil”, afirma Márcio. “Também buscamos levar este trabalho para aquelas pessoas da nova geração que ainda não conhecem o formato split (quando duas bandas dividiam um mesmo LP)”. A formação atual conta ainda com Germano Duarte (guitarra e voz) e baixista Rafael Feldman. Em junho, os primeiros shows de lançamento do CD serão em Curitiba (dia 09), Joinville/SC (10), Indaial/SC (11), Florianópolis/SC (12) e Foz do Iguaçu/PR (17). A nova produção de Conflitos Sociais (a primeira foi assinada por Redson, fundador do Cólera), ficou por conta do Emerson da banda Embrio de Cascavel/PR e foi gravado nos meses de março e abril de 2016, com mixagem e masterização por conta de Anderson Vieira e arte e capa por Elielcio Dreher.

O CD vem com as seis músicas originais (Realidade, Humanidade Desumana, Corrupto, Massacrados, Conflitos Sociais, Sociedade é uma Prisão), mais três covers de bandas com grande influência sobre a banda: Medo (Cólera), Desconstrução (Ação Direta) e Meu Filho (Cambio Negro HC).