Por: (Arte Metal)

La tierra de los sacrificios é o primeiro disco destes argentinos e foi originalmente lançado no ano passado via Venal Productions. Em 2016, o selo digital Sepulchral Silence resolveu relançar o trabalho que será sucedido por Capítulos de siniestro tragedia, a sair no próximo dia 20.

O quarteto de Viedma aposta num Brutal Death Metal um tanto quanto rústico que traz temáticas na linha Horror/Gore (incluindo aí passagens com trechos de filmes do gênero) cantadas em espanhol.

Com uma produção bem orgânica, a sonoridade apresentada mostra um trabalho de guitarra intrincado, que destila certa técnica e versatilidade, além de se aliar a uma cozinha enérgica que prima pela coesão e dita ritmos variados que vão do cadenciado a ‘blast beats’ bem encaixados.

Aliás, a variação rítmica imposta pelo Axsem à torna interessante, pois costumeiramente o estilo prima por velocidade e técnica sem muita alternância. Vocais guturais que beiram o ‘pig squeal’ casam bem com a proposta, sendo que o fato de serem cantados na língua pátria da banda não faz muita diferença, pois são praticamente ininteligíveis. Enfim, o resultado final é acima da média e “La tierra de los sacrifícios” é um trabalho mais pra cá do que pra lá. Que venha o próximo!

844137787

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Crónica de la repulsión
  2. Mutilación de un cadáver putrefacto
  3. La tierra de los sacrificios
  4. Cirugía de unión humana
  5. Cubierto de espinas
  6. Regressive evolution
  7. Macro deformación corporal
  8. Fenómeno de anormalidad
  9. Muestra de aberración
  10. Perversión obscena

Links sobre a banda:

Blog / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.