Por: (Arte Metal)

Para o leitor se inteirar, a banda paulistana Disrupting conta com integrantes dos grupos Immolated, The Slaugther House, Regnum Umbra Ignis e Western Day. Mas, mesmo carregando influências naturais dos grupos mencionados, a sua proposta sonora possui particularidades.

Estes dois singles servem como prévia do futuro álbum da banda e o que temos é uma mescla brutal de Death Metal com Grindcore. Apesar de não trazer nenhuma novidade, a banda mostra que leu direitinho as cartilhas dos estilos e mostra duas composições de tirar o chapéu.

Diretas, ambas não se diferem muito no contexto e trazem guitarras bem executadas, demonstrando técnica, com o baixo trazendo linhas intrincadas e enfatizando o peso, e a bateria destruindo dando o ritmo frenético que é peculiar ao estilo. Tudo com uma produção de qualidade, que precisam apenas de alguns ajustes no polimento.

Linear The Ninth Circle é mais Death Metal e soa na linha brutal do estilo, enquanto Living The Eternal and The Eternal Will Be traz mais influências do Grindcore e mostra uma versatilidade vocal muito interessante. O fato é que temos em vista um grande álbum de Metal extremo, e que não demore a sair.

Nota: 8,0

Link sobre a banda:

Facebook

 

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.