Por: (Arte Metal)

Em seu primeiro álbum, Songs of Experience (2012), a banda mineira Dolores Dolores surpreendeu a todos com uma sonoridade pomposa mesclando Hard Rock com Progressivo de uma forma tão espontânea que as músicas soavam totalmente agradáveis e cheias de feeling.

Este segundo álbum mantém a pegada, mas traz suas próprias características. Adotando uma veia ainda mais progressiva, o quarteto aposta em uma linha mais visceral no quesito produção, porém sua música aqui soa um pouco mais burocrática e complexa (sem ser pejorativo).

Os arranjos continuam sensacionais, mas o fato é que o grupo adota também linhas do Classic Rock e até uma veia pop que é muito bem vinda em sua proposta. Enquanto em seu debut a banda mostrava músicas de fácil assimilação, Id Superpower exige um pouco mais de atenção pra ser absorvido.

Nada disso significa que a sonoridade aqui perdeu, pelo contrário, mostra a banda em uma evolução natural e soando ainda mais técnica e versátil. Este trabalho marca a estreia do baixista Rodrigo Cordeiro que traz linhas mais ‘grooveadas’ e consegue acentuar o peso das composições na medida certa. Mais um disco excelente de uma banda que merece mais atenção.

Resultado de imagem para dolores dolores id superpower

Nota: 8,5

Links sobre a banda: 

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.