Por: (Arte Metal)

Vampiro é o décimo disco de estúdio e o vigésimo trabalho no geral dos norte-americanos do Helstar, banda que é devota do Metal tradicional há ‘somente’ 35 anos e que conseguiu superar vários obstáculos que o estilo enfrentou nessas mais de três décadas.

Talvez o motivo disso seja o fato de o grupo conseguir se adaptar ao tempo sem se vender às tendências e, ainda assim, conseguir manter suas características sem forçar nada. O primeiro quesito é que a banda foge de saudosismos desnecessários, faz com que sua proposta soe natural e deixa fluir seu Metal com toques de Speed Metal.

Na temática de Vampiro o óbvio que o nome já entrega, sendo que a banda havia abordado tais assuntos em seus álbuns clássicos como Burning Star (1984), A Distant Thunder (1988) e Nosferatu (1989). Porém, em termos de som a coisa aqui soa mais para os tempos atuais.

O eterno vocalista James Rivera continua um cantor e tanto, equilibrando suas linhas de forma impecável e mostrando interpretações emotivas. O instrumental soa trabalhado, com variações de riffs palhetados, cavalgados e bases mais sólidas, sendo os solos bem encaixados e trazendo melodia extra.

A cozinha mostra um trabalho coeso e preciso, trazendo a variação rítmica necessária, que é um dos elementos fortes do disco. Tudo com uma produção atual, mas que não soa exagerada e dá uma roupagem contemporânea às músicas. Vale destacar que Bill Metoyer (Slayer, W.A.S.P., Armored Saint) cuidou da mixagem.

O único ‘porém’ de Vampiro é a sensação de que falta algo nas músicas. Não, são composições de altíssimo nível e execução, mas depois de várias audições nenhuma empolga como deveria, nenhuma soa marcante como deveria. Mas, Vampiro é um disco que causa mais prazer do que algo negativo ao ser ouvido e traduz bem como o Heavy Metal atual deveria soar.

Helstar - Vampiro

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Awaken into Darkness
  2. Blood Lust
  3. To Dust You Will Become
  4. Off with His Head
  5. From the Pulpit to the Pit
  6. To Their Death Beds They Fell
  7. Malediction
  8. Repent in Fire
  9. Abolish the Sun
  10. Black Cathedral
  11. Dreamless Sleep

Links sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.