Shadowside – Inner Monster Out

  • Post author:
  • Post published:6 de dezembro de 2011

Fazer o review de um álbum não é tão simples quanto pode parecer. Existem dois momentos distintos em que você pode fazer isso: assim que ele é lançado e você o recebe para audição; ou em certos casos, mais seletos, quando ele estoura. Nesse caso em específico, prefiro me manter longe dele por um tempo, e deixar que todos digam o que precisam dizer sobre. Quando a poeira baixa, livre de interferências externas, aí sim faço minha audição. E foi exatamente o que aconteceu com esse álbum do Shadowside. Muita coisa positiva sendo dita, muita coisa repercutindo. E agora é minha vez de dizer algo sobre ele.

E, para começo de assunto, sou totalmente obrigado a pedir total licença de meu posto jornalístico, pois a única expressão que encontro para classificar esse álbum é: PUTA ÁLBUM FODA DO CARALHO!

Uma qualidade absurda, em todos os setores do álbum, por todo o seu decorrer. Composições certeiras e esmeradamente definidas, peso, velocidade, técnica, feeling. E uma vocalista que é nada menos que um absurdo! Não há como destacar os melhores momentos, pois como disse, o álbum todo possui uma unidade. Ele funciona de forma homogênea por todo o seu decorrer. E, ao contrário do que possa parecer, não existe uma mesma linha de composição, fazendo com que as músicas se pareçam entre si. Não. Cada uma possui identidade própria. Soam perfeitamente se executadas sequencialmente ou em separado. O instrumental não se atropela, e a voz de Dani Nolden é algo de espetacular.

O álbum começa já a todo vapor com a faixa Gag Order. Na sequência, minha preferida, pelo feeling que passa: Angel With Horns. O álbum segue por Habitcual, In the Name of Love (petardo!) e a talvez melhor composição desse trabalho, e não a toa a que da nome ao álbum: Inner Monster Out. Essa me fez sentir muita saudade dos melhores momentos do After Forever. I`m Your Mind, My Disrupted Reality, A Smile Upon Death (que tem um clima incrível), Whatever Our Fortune, A.D.D. (para bangear feito louco) e fechando com Waste of Life, onde Dani mostra definitivamente a que veio. É de aplaudir o CD a linha de vocal dessa música.

É gratificante ver um trabalho brasileiro feito com tanta qualidade. Composições primorosas, produção cuidadosa. O mínimo que se pode alcançar com um trabalho desses é o reconhecimento. Mundial. Menos que isso é absurdo. E aproveito para colocar: se dizem que o Metal nacional está morto, de onde veio isso?

Shadowside - Inner Monster Out

Inner Monster Out – 2011 – Voice Music

Nota: 10

Tracklist:

01. Gag Order
02. Angel With Horns
03. Habitchual
04. In the name of Love
05. Inner Monster Out
06. I’m Your Mind
07. My Disrupted Reality
08. A Smile Upon Death
09. Whatever Our Fortune
10. A.D.D.
11. Waste of Life

Integrantes:

Dani Nolden – Vocal
Raphael Mattos – Guitarra
Fábio Buitvidas – Bateria
Ricardo Piccoli – Baixo

** O texto representa a opinião do autor e não a opinião do Portal do Inferno Webzine ou de seus editores.

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe uma resposta