THESE DARK TRAILS é o projeto solo do músico Bruno Cassoni, guitarrista da banda SONGS OF OBLIVION e que já passou por nomes como FERÁLIA, NEON, HELP e GRAY SOUVENIRS. O nome do projeto foi uma sugestão de Arthur Painless, da banda de Death/Doom Metal paulistana, DENIAL OF LIGHT.

Aqui Cassoni explora o seu lado sombrio de uma forma menos melancólica e mais fria. As músicas trazem melodias que pendem mais para o lado maléfico, carregando influências do Black Metal, Doom Metal e Post Metal em um equilíbrio pouco visto em trabalhos com esta proposta.

As letras das composições trazem reflexões pessoais de como o músico enxergaria de uma forma mais densa determinados assuntos, o que dá origem ao título do EP. Nada de novo quando se trata de uma ‘one-man-band’, já que costumeiramente os temas sempre soam bem particulares.

O reflexo disso fica na trilha sonora que segue estes temas. Almost, por exemplo, é um tema instrumental que traz uma aura angustiante e serve para que se abra esse leque reflexivo. Quem dá voz a essas reflexões, é By Actions and Concepts, que resume a proposta do THESE DARK TRAILS em uma canção.

Denial, música que tem tal alcunha em homenagem a Arthur e sua banda, bebe fortemente em fontes do Black Metal norueguês, influência jamais negada pro Bruno. O Post Black Metal, sem muita intervenção do Shoegaze, aparece em Elixir com um ar de euforia. Enquanto isso, Void tem a melodia mais depressiva do trabalho.

“Epiphany” teve tudo feito por Bruno Cassoni, inclusive a produção que conseguiu sair de acordo com o que o disco propõe. O resultado final é um trabalho sólido, onde o conjunto da obra acaba saindo acima da média. Indicado para fãs BURZUM, ALCEST, KATATONIA, LES DISCRETS e afins. Ouça sozinho!

https://www.facebook.com/thesedarktrails/

NOTA: 8,5

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.

Deixe um comentário