• Post author:

O Korzus trouxe para seus fãs de São Paulo, em 30 de setembro, uma réplica do show que arrancou elogios de público e crítica no Rock in Rio, ao lado do supergrupo Punk Metal All Stars. Infelizmente, por não conseguir o visto para embarcar para o Brasil, o time ficou sem Michaele Graves (ex-Misfits), que faria também um set acústico. Mas, Mike Clark (Suicidal Tendencies), Schmier (Destruction) e East Bay Ray (Dead Kennedys) estavam lá ao lado de Marcello Pompeu, Dick Siebert, Heros Trench, Antônio Araújo e Rodrigo Oliveira para uma noite cheia de sucessos.

Korzus

O show de abertura ficou por conta da banda Furia Inc., já bastante conhecida no cenário paulistano. Pouco antes da meia-noite, a Marcha Imperial de Star Wars anunciou a entrada dos integrantes no palco. O repertório trouxe músicas de seu EP, Before the World Ends, e covers, como Walk, do Pantera, com a participação de Felipe Andreoli (Almah e Angra) na guitarra, e Roots Bloody Roots, do Sepultura.

Chegava a hora do Korzus. Um a um, os músicos tomam seus postos e Marcello Pompeu agradeceu a presença de cada um e dedicou o show a Redson, vocalista e guitarrista do Cólera, que faleceu no dia 28 de setembro. O setlist foi aberto com Guilty Silence, seguida de Truth, e da faixa título do álbum Discipline of Hate (2010). Apesar do público relativamente pequeno, houve empolgação de alguns para abrir as primeiras rodas da noite. Depois, emendaram What Are You Looking For – e vale destacar a forte participação do público no refrão –, com Screaming for Death. O show seguiu com Never Get Me Down, do álbum Ties of Blood (2004) e I Am Your God, novo single e vídeoclipe da banda, que traz uma manifestação contra a violência doméstica. Punisher abriu caminho para Raise Your Soul, última música dessa primeira parte do show.

Punk Metal Allstars

O momento mais esperado da noite chegou: a jam com o Punk Metal All Stars. Pompeu convidou Schmier para, ao lado de Rodrigo Oliveira e Antônio Araújo, tocar Mad Butcher e Nailed to the Cross. A sequência de clássicos continuou. Dessa vez, Mike Clark tomou o palco para tocar War Inside My Head. Depois, East Bay Ray encantou a todos com a sua habilidade em California Über Alles. O público não poderia ter reagido de melhor forma: cantaram, abriram rodas e reverenciaram seus ídolos. Mas, infelizmente, a participação do Punk Metal all Stars ficou nessas poucas músicas.

Os anfitriãos voltaram para a segunda parte do show, dessa vez para relembrar tempos mais antigos do Korzus, com Agony, do álbum Mess Illusion (1991), e Internally, do KZS (1995), que Pompeu dedicou para seu filho, que estava no camarote assistindo a apresentação. André Curci, guitarrista do Threat, foi convidado para participar da música Catimba e o vocalista aproveitou o momento para agradecer André, que tocou por um tempo com a banda num momento difícil, após a saída de Silvio Golfetti. A pedido do público, pois não estava previsto no setlist, o Korzus tocou um dos seus grandes sucessos, Correria e Pompeu aproveitou a deixa para apresentar a banda e no melhor (ou pelo menos mais engraçado) estilo Fábio Jr, agradeceu ao público com um “Obrigaduuu!”. Em Guerreiros do Metal, Pompeu aproveitou para, literalmente, se jogar no público e foi carregado pelos fãs. O setlist chegou ao fim com Never Die e os fãs aproveitaram esse momento para a última roda. Mas, para a surpresa de todos, até de Pompeu, a noite terminou em grande estilo com Raining Blood, do Slayer.

Korzus

Sem dúvida, o Korzus conseguiu trazer um show de qualidade internacional para seus fãs e este fato não se deve apenas às participações dos gringos, pois a banda atingiu um padrão alto, digno dos grandes nomes do metal nacional. Talvez, se a participação do Punk Metal All Stars tivesse sido um pouco maior, o público não teria o que reclamar. No entanto, esta foi uma noite para ficar na memória. Se esta iniciativa de unir grandes nomes da música brasileira com a internacional surgiu a partir do Rock in Rio, resta aos fãs ficarem na torcida para que ocasiões assim se repitam mais vezes.

Setlist:

Guilty Silence
Truth
Discipline of Hate
What Are You Looking For
Screaming for Death
Never Get Me Down
Punisher
Raise Your Soul

Mad Butcher (Schmier)
Nailed to the Cross (Schmier)

War Inside My Head (Mike Clark)

California Über Alles (East Bay Ray)

Agony
Internally
Catimba (André Curci)
Correria
Guerreiros do Metal
Never Die
Raining Blood

Clique aqui para ver todas as fotos deste show!

Renata Santos

Sou formada em jornalismo e colaboro com sites de música há quase dez anos. Integro a equipe do Portal do Inferno desde 2011.

Deixe um comentário