Por: (Arte Metal)

Liderada pelo guitarrista que leva o nome da banda, a Rigor Mortis BR aposta no Death Metal desde sua fundação nos anos noventa. O objetivo principal sempre foi aliar a podridão do estilo com a técnica, sendo assim, tendo sua música o peso e a boa execução como carros-chefes.

The One Who…, segundo disco do grupo traz uma sonoridade que abrange diversas facetas do estilo, sendo que o trabalho soa atemporal, ao mesmo tempo em que consegue nos remeter a momentos mais ‘old school’, o que gera uma assimilação fácil e prazerosa aos fãs do estilo.

Com um trabalho de guitarras denso e consistente, as composições mostram solidez, fator este que é enfatizado pelos ótimos vocais de Leafar Sagrav. Com um gutural cavernoso de tirar o chapéu, o homem urra sem piedades temas que abordam a parte doentia da humanidade.

A cozinha aposta num direcionamento mais reto e veloz, dando muita agressividade às composições. Porém, quando surge certa variação, como na faixa Medieval Impalement, a coisa flui melhor e o trabalho fica ainda mais enriquecido. Destaque também para a boa produção do próprio Rigor Mortis que casou perfeitamente com a proposta.

Destaque ainda para as duas faixas cantadas em português, Dialeto de Morto e Febrônio Índio do Brazil (O Filho da Luz), essa última que aborda a história de um famoso criminoso brasileiro do século 19. A faixa Raw The Sugar também merece destaque. Indicado aos fãs do verdadeiro Death Metal!

Rigor Mortis BR - The One Who...

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Intro
  2. Dialeto de Morto
  3. Psychotropic Illness
  4. Human Flesh Juice
  5. Medieval Impalement
  6. Find Bodies Parts Toy
  7. Febrônio Índio do Brasil (O Filho da Luz)
  8. Interlúdio
  9. Raw Metal Sugar
  10. The One Who…

Link sobre a band:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.