Por: (Arte Metal)

Após a demo auto-intitulada lançada em 2012, eis que o TORRENCIAL, banda oriunda de Itapevi, chega ao seu debut. “Nação Em Fogo” faz jus ao seu nome de várias formas, e como um disco de estreia soa tão potente e cabe perfeitamente como um cartão de visitas.

Optando por um Thrash Metal bem executado e cantado em português, a banda consegue produzir uma sonoridade agradável e consistente, que mostra equilíbrio e não se compromete em meio a exageros ou ousadia acima do normal.

Aliás, equilíbrio é uma palavra que define bem o trabalho. Não que a banda soe comum, longe disso, mas o TORRENCIAL segue a cartilha do estilo e faz com que seu Thrash Metal não decepcione. Riffs potentes e agressivos, com certa variação, dão a tônica das músicas, sendo que a cozinha enfatiza o peso e comanda as variações rítmicas, que trazem quebradas moderadas, mas que já fazem diferença para não cansar o ouvinte.

Como dito acima, a banda aposta em letras na língua pátria e as temáticas trazem o caos social como foco. Mais uma ‘regra’ bem seguida, porém com boas sacadas e argumentos bem desenvolvidos, além de casar perfeitamente com a proposta da banda e as linhas vocais semi-guturais apresentadas no trabalho.

Outro ponto de equilíbrio é a produção do disco a cargo de Rafael Augusto Lopes (ETERNAL MALEDICTION, FANTTASMA) que foge de ser datada e também não atinge as artificialidades das ‘modernices’ atuais. Por fim, um ‘tracklist’ equilibrado que deve ser ouvido muitas vezes e provar que todas as faixas possuem suas qualidades. Ótima estreia.

Imagem relacionada

Nota: 8,0

Link sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.