Jon Lord: músicos comentam a morte do tecladista

  • Post author:

Como não poderia ser diferente, a morte de Jon Lord causou grande comoção no meio musical. Vários rockstars se manifestaram a respeito do falecimento do tecladista inglês, um dos fundadores do Deep Purple, que perdeu a batalha contra o câncer, na segunda-feira (16), aos 71 anos. Veja alguns depoimentos abaixo:
“Não houve nenhum músico como Jon Lord na história do Hard Rock” – Lars Ulrich (Metallica)
“Jon Lord era um verdadeiro e talentoso cavalheiro da indústria” – Joe Lynn Turner (Deep Purple, Rainbow, Yngwie Malmsteen)
“Mudou o mundo do rock” – Graham Bonnet (Rainbow, Michael Schenker Group, Alcatrazz, Impellitteri)
“Uma verdadeira lenda e uma verdadeira estrela” – Tracii Guns (L.A. Guns)
“Uma das pessoas mais legais e talentosas que conheci” – Joe Bonamassa (Black Country Communion)
“Uma parte da trilha sonora da minha vida” – Rudy Sarzo (Ozzy Osbourne, Quiet Riot, Whitesnake, Dio)
“Ele foi uma inspiração para mim” – Jordan Rudess (Dream Theater)
“Um dos grandes músicos de minha geração” – Geezer Buttler (Black Sabbath)
“Um dos meus maiores ídolos e uma das minhas maiores influências” – Adam Wakeman (Ozzy Osbourne, Headspace)
“Foi o rei no órgão Hammond” – Peter Baltes (Accept)
“Sua marca na música contemporânea é grande e permanente” – Damon Johnson (Thin Lizzy, Alice Cooper, Brother Cane)
“Um dos maiores, mais malvados e pesados sons do Heavy Metal” – Slash (Guns ‘n’ Roses, Velvet Revolver)
“Para mim, foi uma absoluta alegria e um prazer conhecê-lo e trabalhar ao lado dele” – David Coverdale (Deep Purple, Whitesnake)

Como não poderia ser diferente, a morte de Jon Lord causou grande comoção no meio musical. Vários rockstars se manifestaram a respeito do falecimento do tecladista inglês, um dos fundadores do Deep Purple, que perdeu a batalha contra o câncer, na segunda-feira (16), aos 71 anos. Veja alguns depoimentos abaixo:

“Não houve nenhum músico como Jon Lord na história do Hard Rock” – Lars Ulrich (Metallica)

“Jon Lord era um verdadeiro e talentoso cavalheiro da indústria” – Joe Lynn Turner (Deep Purple, Rainbow, Yngwie Malmsteen)

“Mudou o mundo do rock” – Graham Bonnet (Rainbow, Michael Schenker Group, Alcatrazz, Impellitteri)

“Uma verdadeira lenda e uma verdadeira estrela” – Tracii Guns (L.A. Guns)

“Uma das pessoas mais legais e talentosas que conheci” – Joe Bonamassa (Black Country Communion)

“Uma parte da trilha sonora da minha vida” – Rudy Sarzo (Ozzy Osbourne, Quiet Riot, Whitesnake, Dio)

“Ele foi uma inspiração para mim” – Jordan Rudess (Dream Theater)

“Um dos grandes músicos de minha geração” – Geezer Buttler (Black Sabbath)

“Um dos meus maiores ídolos e uma das minhas maiores influências” – Adam Wakeman (Ozzy Osbourne, Headspace)

“Foi o rei no órgão Hammond” – Peter Baltes (Accept)

“Sua marca na música contemporânea é grande e permanente” – Damon Johnson (Thin Lizzy, Alice Cooper, Brother Cane)

“Um dos maiores, mais malvados e pesados sons do Heavy Metal” – Slash (Guns ‘n’ Roses, Velvet Revolver)

“Para mim, foi uma absoluta alegria e um prazer conhecê-lo e trabalhar ao lado dele” – David Coverdale (Deep Purple, Whitesnake)

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário