The Shrine 1 (credito Olivia Jaffe)Apontados pela mídia estrangeira como uma banda de atitude e imenso poder de fogo em palco, o The Shrine é uma máquina de riffs roqueiros secos e cortantes, conjugados com a visceral dinâmica do punk e metal das pistas de skate e por uma atmosfera psicodélica. Um pacote completo que contempla as principais nuances do rock, principalmente das décadas de 1970 a 1990.   
 
Com produção da Abraxas, que em maio passado trouxe pela primeira vez ao Brasil os ucranianos do Stoned Jesus, o role do The Shrine começa por Belo Horizonte, passa por Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro e, no dia 5 de agosto, a banda faz sua última apresentação no Brasil, no tradicional Goiânia Noise Festival, ao lado de Sepultura, Nação Zumbi, Matanza e outros nomes de peso, finalizando a turnê com shows em Buenos Aires e Montevideo. As datas você confere no pôster abaixo, e as informações de cada show ao final da matéria.    
 
Josh Landau (guitarra/vocal), Court Murphy (baixo) e Jeff Murray (bateria) invadem a América do Sul no melhor momento da carreira. Com um show com referências de Black Sabbath, Black Flag a Fu Manchu, com interlúdios, jams e vibrações descompromissadas, o trio de Venice (Califórnia, Estados Unidos) está na estrada desde 2008 e nos próximos meses viaja pela primeira vez à América do Sul para promover o mais recente álbum “Rare Breed”, o terceiro da carreira e o primeiro lançado na Europa pela major Century Media.    
 
Em “Rare Breed”, no mercado europeu desde outubro do ano passado e lançado em janeiro deste ano nos EUA, o The Shrine manteve em parte das composições o seu ritmo acelerado e ‘engordou’ outras com o groove do Stoner Rock. E para a estreia em palcos brasileiros, o trio prepara um setlist que terá também os hits dos álbuns anteriores “Primitive Blast” (2011) e, claro, o colossal “Bless Off” (2014). 
 
A produtora Abraxas ainda anunciará nas próximas semanas duas skate jams com a banda californiana e outras atrações locais, que acontecerão no Rio de Janeiro e em São Paulo. A proposta é unir a cultura do skate (principal referência de formação tanto dos gringos quanto dos produtores da Abraxas) a essa nova cena musical que cresce de forma fértil no país (assim como no resto do mundo) e proporcionar ao público e, principalmente, aos praticantes do esporte a mesma sensação de assistir em vídeo aquele role cabuloso com a sua trilha sonora preferida, só que dessa vez ao vivo, a cores e com o som no talo! Acompanhe a página da Abraxas – facebook.com/abraxasevents e abraxas.fm – para mais informações.
SERVIÇO 
 
A banda está disponível para entrevistas. Mídias interessadas, envie solicitação para[email protected] 
 
The Shrine em Belo Horizonte (MG), 28 de julho
Local: Festival Rock do Deserto III, na A Autêntica (Rua Alagoas, 1172 – Savassi)
Horário: 19 horas (abertura da casa)
Bandas de abertura: Lively Water (facebook.com/livelywater) e Green Morton (facebook.com/greenmorton)
 
The Shrine em Florianópolis (SC), 29 de julho
Local:Célula Showcase (Rodovia João Paulo, 75 – Saco Grande) 
Horário: 23 horas (abertura da casa)
Banda de abertura: Mission Pilots and the Dropkick Apollo (facebook.com/MPATDA)
 
The Shrine em São Paulo (SP), 30 de julho
Local:Inferno Club (Rua Augusta, 501 – Consolação)
Horário: 18 horas (abertura da casa)
Banda de abertura: Monstro Amigo (facebook.com/monstroamigo) e Bandanos (facebook.com/bandanoscrossover
Ingresso onlinee físico: https://www.sympla.com.br/the-shrine-eua—30-de-julho-no-inferno-club__70682 (1º lote meia: R$ 50; inteira: R$ 100)
 
The Shrine no Rio de Janeiro (RJ), 4 de agosto
Local: Teatro Odisseia (Avenida Mem de Sá, 66 – Centro)
Horário: 19 horas (abertura da casa)
Banda de abertura: Os Vulcânicos (facebook.com/Os-Vulcânicos-208553669185391) ePsilocibina (facebook.com/psilocibinamusic
Ingresso online e físico: https://www.sympla.com.br/the-shrine-eua—4-de-agosto-no-teatro-odisseia__70680 (1º lote meia: R$ 50; inteira: R$ 100)
 
The Shrine em Goiânia (GO), 5 de agosto
Local: 22º Goiânia Noise Festival, no Centro Cultural Oscar Niemyer (Avenida Dep. Jamel Cecílio, 4.490) 

Fernando Custódio Moreira

Só mais um ser humano que adora Heavy Metal. Stay Metal Heavy Metal Forever.