Por: (Arte Metal)

Este é um projeto italiano encabeçado por Anuar Arebi, que comanda todos os instrumentos e contou ao seu lado com três vocalistas diferentes, sendo eles Stefania Martin, Michele Montaguti e Matteo Marteli, sendo que o músico ainda contou com a participação especial do guitarrista Alex Guadagnoli.

A sonoridade proposta é um Death Metal sujo, cara-de-pau e grotesco, que ainda conta com influências do Thrash Metal e possui um clima bem safado oriundo do Rock and Roll. Algo que nomes como Entombed e Dismember se enveredaram a fazer no meio de suas carreiras, porém com mais bom humor e sarcasmo.

Há ritmos dignos do Hardcore, com velocidade e agressividade acima do normal. Em meio a isso guitarras com mega distorções e afinação baixa destilam riffs que misturam sujeira e técnica, além de solos melodiosos que contrastam com toda a podridão necessária.

Cada vocalista possui um estilo, sendo que Montaguti segue uma linha mais ‘bêbado gutural’ e Marteli como se El Brujo (Brujeria) cantasse mais melódico e rasgado. Stefania canta normalmente a faixa que fecha o disco destoando totalmente do restante e servindo mais como uma ‘outro’. Ainda há um cover para Battery (Metallica) que ficou bacana. Um trabalho no mínimo divertido.

Pay for Pleasure - Pay for Pleasure

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Matter to Energy
  2. The Judgment
  3. Burning Times of This Anxiety
  4. Daze Suffocation
  5. Everlasting Pain
  6. Blasted Heart
  7. The Hanged Man
  8. Carnage Rhapsody
  9. State of Insanity (Disturbed Bed Rest)
  10. Battery
  11. 25

Links sobre a banda: 

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.