A proposta do Hellish War sempre foi fazer heavy metal tradicional, tanto que isso fica nítido na própria apresentação visual os músicos. Com o novo vocalista, Bil Martins, a banda apresenta seu novo CD, Keep It Hellish, que mostra que o grupo com mais de 20 anos de estrada não dá o menor indício de que vai parar.

Keep It Hellish é metal tradicional puro, sem inovação, sem acréscimo de nada, é simples e bem composto – e falo tudo isso na melhor das intenções. Não faltam nesse disco riffs marcantes, solos animalescos, vocais estridentes, baixo e batera cadenciando ritmos empolgantes.

O que abrilhanta a banda não é a inserção de novos elementos em suas músicas, mas a composição de produção do álbum, pois não adianta ter todos os ingredientes e não saber fazer a mistura e a dosagem certa. Faixas como Keep It Hellish e Fire and Killing comprovam bem isso.

Hellish War mostra o porquê é uma banda brasileira que faz sucesso na Europa: é heavy metal tradicional na medida certa, sem firulas, sem frescura, com aquela roupagem básica que casa muito bem com todas as ocasiões.

Hellish War - Keep It Hellish

 Keep It Hellish – Voice Music – 2013

Nota: 9,0

Tracklist:

1. Keep It Hellish
2. The Challenge
3. Reflects on the Blade
4. Fire and Killing
5. Masters of Wreckage
6. Battle at Sea – instrumental
7. Phantom Ship
8. Scars (Underneath Your Skin)
9. Darkness Ride
10. The Quest

Formação:

Bil Martins – vocal
Vulcano – guitarra
Daniel Job – guitarra
JR – baixo
Daniel Person – bateria

** O texto representa a opinião do autor e não a opinião do Portal do Inferno Webzine ou de seus editores

Portal do Inferno

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!