Perpetual Legacy – A New Symphony For Him

Por Alexandre Andrade

Mais um representante do Metal Sinfônico brasileiro nos é introduzido, através do ótimo trabalho que a MS Metal Records vem desenvolvendo no país. O Perpetual Legacy chega com toda pompa com o seu A New Symphony For Him, primeiro e promissor álbum da sua curta carreira.

Sim, aqui encontramos altas doses de refinamento, mas é algo já previsível por quem se aventura por este segmento. Acredito que a carta na manga da banda atenda pelo nome de Michelle Rodovalho. Não conhecia o trabalho da garota, e além de ter um excelente apelo visual, possui um timbre muito agradável e que não soa enjoativo, como acontece em mais de 80% das cantoras que abraçam este direcionamento. Impossível não citar a influência do Nightwish, mas não se engane, pois o Perpetual Legacy não soa como um clone, e eles procuram a todo instante seguir seu próprio caminho, o que é muito louvável, principalmente nos dias de hoje. Como destaques, eu acredito que Singing Forever e Looking For The Endless Light se sobressaiam, ainda que o trabalho seja muito conciso e que pede pra ser escutado na íntegra.

Outra grande revelação do Metal nacional, e que agora deve partir para voos mais altos e novos lançamento, ao lado da sua nova gravadora. A New Symphony For Him é o primeiro capítulo desta saga, e começaram com o pé direito. Agora é aguardar os shows em suporte ao disco, para reafirmarem toda a sua qualidade ao vivo.

Perpetual-Legacy1

Nota: 8.0

Tracklist:

01. Lost in Darkness (intro)
02. Looking for the Endless Ligth
03. Inside Your Secret Chest
04. A Beautiful Truth
05. A New Symphony for Him
06. Metonymy
07. Kairos in Aeternum
08. Our Pride
09. Singing Forever
10. Blood Tears
11. I Looked up High

Formação:

Michelle Rodovalho – vocal
Bruno Henrique – guitarra
Matheus Maia – baixo
Rafael Lobo – piano e teclado
Gabriel Pedroso – bateria