Arch Enemy – Carioca Club – São Paulo/SP

Três anos e meio após sua última apresentação no Brasil, a banda sueca Arch Enemy voltou à cidade de São Paulo no último domingo, 25 de novembro, para um show único em nosso País, no Carioca Club. E lá fomos nós acompanharmos de perto mais essa aguardada apresentação, que inclusive teria suas imagens registradas (não só nesse, mas em todos os shows que a banda está realizando na América do Sul durante essa turnê), para serem inclusas de alguma forma em um futuro DVD.

A abertura da noite ficou por conta da banda nacional de thrash metal MX, que fazia seu show oficial de retorno. O grupo, formado em 1985, conta com quatro trabalhos até hoje, sendo o último deles The Last File, lançado em 2000. Formado por Alexandre Favoretto (mais conhecido como Morto, no baixo e vocais), Décio Júnior e Alexandre Gonsalves “Dumbo” (guitarras) e Alexandre Cunha (bateria e vocais), o quarteto conseguiu dar conta do recado com uma competente apresentação, calcada principalmente em seus dois primeiros discos (ambos do final dos anos de 1980) e encerrando com uma cover para Angel of Death, clássico do Slayer.

Depois de aproximadamente meia hora de intervalo, chegava então o momento de conferirmos a grande atração da noite, o Arch Enemy. O conjunto, formado pela alemã Angela Gossow (vocais), Michael Amott e o novo integrante Nick Cordle (guitarras), Sharlee D’Angelo (baixo) e Daniel Erlandsson (bateria), vinha ao Brasil para divulgar seu mais recente álbum de estúdio, Khaos Legions, lançado em maio do ano passado.

E foi com a introdução deste último trabalho e a faixa Yesterday Is Day And Gone, que a banda deu início ao seu set, para alegria dos inúmeros fãs que já aguardavam ansiosamente pelo começo do show. Logo após essa, logo já emendaram com a já clássica e bastante aguardada Ravenous, faixa do primeiro trabalho com Angela nos vocais, o aclamado Wages of Sin. Mesmo ainda estando no começo do show, esse foi um dos pontos altos da noite, sem sombra de dúvida. Sem deixar o clima esfriar, seguiram com a ótima My Apocalypse, e mais uma faixa do novo trabalho, Bloodstained Cross.

A essa altura, a banda já tinha o público em suas mãos, e a cada gesto da vocalista Angela, certamente umas das grandes frontwomen da atualidade, com uma presença de palco incrível, a reação do público era imediata. As já tradicionais “rodinhas” surgiam durante quase todas as músicas, e a empolgação do público só crescia. Seguiram então com The Day You Died, e a imponente Revolution Begins.

Após um breve solo de bateria de Daniel, demonstrando toda sua técnica e velocidade, o restante da banda retornou ao palco e iniciaram Under Black Flags We March, com Angela empunhando um mastro com a bandeira do Brasil e agitando-a de um lado para o outro durante toda a música. Vieram então Burning Angel e a bastante aguardada Dead Eyes See No Future, que fizeram a galera gritar e agitar durante todo o tempo.

Vieram, então, os solos de guitarra. Nick Cordle, demonstrou porque foi escolhido como o substituto de Christopher Amott (irmão de Michael), que deixou novamente a banda no começo do ano, e depois Michael fez seu próprio solo. Dando sequência ao show, veio uma trinca de tirar o fôlego: Dead Bury Their Dead, No Gods No Masters e Cruelty Without Beauty. E, para fechar a primeira parte do show, a banda apostou em mais um clássico, a sempre empolgante We Will Rise, que voltou a fazer todo mundo berrar e pular com todas as forças que ainda restavam.

Após uma pausa rápida para recuperar as energias, a banda retornou para o bis com Blood On Your Hands, seguindo com a curta instrumental Snow Bound. A derradeira música da noite, que como já era de se esperar e obviamente não poderia faltar no set list, só poderia ser Nemesis, que encerrou de forma grandiosa essa excelente e intensa apresentação.

A banda agradeceu por todo o apoio e dedicação dos fãs, e claro, foi bastante aplaudida, dizendo ainda que esperam voltar em breve para novos shows por aqui. E certamente é isso que todos os fãs brasileiros esperam.

Setlist MX:

Intro
Mental Slavery
Fighting For Bastards
Behind His Glasses
No Violence
I’ll Be Alive
Jason
Dirty Bitch
Angel of Death (Slayer cover)

Setlist Arch Enemy:

Khaos Overture (intro)
Yesterday Is Dead and Gone
Ravenous
My Apocalypse
Bloodstained Cross
The Day You Died
Revolution Begins
Drum Solo
Under Black Flags We March
Burning Angel
Dead Eyes See No Future
Intermezzo Liberté (Nick Cordle guitar solo)
Dead Bury Their Dead
No Gods, No Masters
Cruelty Without Beauty
We Will Rise
Bridge of Destiny (outro)

Bis:

Blood on Your Hands
Snow Bound (instrumental)
Nemesis
Fields of Desolation (outro)

Clique aqui para ver todas as fotos desse show!

Portal do Inferno

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário