At The Gates – Hangar 110 – São Paulo/SP

  • Post author:

O Hangar 110 já está popularmente reconhecido como o reduto dos shows de metal extremo. Somente nesse ano, quase 10 shows desse estilo aconteceram somente nessa casa! Nesse último domingo, 29, mais uma vez os fãs do estilo compareceram ao local, para o enceramento da turnê latinoamericana do grupo sueco At the Gates.

Felizmente nessa noite, a casa abriu praticamente no horário marcado, o que demonstra uma preocupação devida ao público presente! Com uma boa organização, pouco depois das 20h, os cariocas do Confronto subiram ao palco para dar início à programação.

Confronto

A banda conta com mais de 13 anos de história e apesar de não ter um estilo parecido com o da banda principal da noite, a experiência da banda os fez contornar essa situação muito bem. Atualmente com Felipe Cheuan (vocais), Maximiliano Moraes (guitarras), Eduardo Moratori (baixo) e Felipe Ribeiro (bateria) e tocou algumas músicas bem conhecidas como Confronto, do CD Causa Mortis de 2005, Sem Perdão e Santuário das almas do CD Sanctuarium de 2008. Algumas músicas inéditas foram apresentadas, como Imortal e Meu inferno e foram recebidas muito bem pelo público.

Após uma pausa, pouco depois das 21h já se percebia um Hangar bem cheio ao aguardo da atração principal da noite: os suecos do At the Gates com o seu death metal melódico, estilo que certamente ajudaram a fortalecer.

Formado atualmente por Tomas ‘Tompa’ Lindberg (vocal), Anders Björler (guitarra), Martin Larsson (guitarra), Jonas Björler (baixo) e Adrian Erlandsson (bateria), o grupo entrou no palco com Slaughter of the Soul, já demonstrando o quanto banda e plateia compartilhavam a mesma sintonia naquela noite.

At The Gates

A energia da banda ao vivo é algo realmente impressionante, principalmente pelo carisma de Tompa, que interagiu bastante com o público. Ele manteve o show pesado, preciso e coeso durante todo o tempo e era bastante evidente que banda e público estavam adorando o tempo juntos.

Além disso, para muitos era uma oportunidade de ouro de ver o baterista Adrian Erlandsson em ação. Uma lenda do metal praticamente, pois já tocou com diversas bandas como Cradle of Filth, The Haunted, Brujeria e Paradise Lost, dentre outros.

O setlist escolhido foi praticamente idêntico ao DVD lançado pela banda em 2010, entitulado The Flames of the End e contou com diversos clássicos como Terminal Spirit Disease, Windows, Suicide Nation, Nausea, Unto Others e All Life Ends. O final da apresentação contou com Blinded by Fear e Kingdom Gone.

At The Gates

O público do Hangar saiu extremamente satisfeito naquela noite! Após ver alguns clássicos do estilo como In Flames, Dark Tranquillity e Hypocrisy, era necessário ver também uma das bandas que praticamente criou o que é chamado por alguns de New Wave of Swedish Death Metal.

Clique aqui para ver todas as fotos deste show!

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário