Nightwish – Circo Voador – Rio de Janeiro/RJ

A atual turnê do Nightwish já mereceria atenção apenas pelo álbum que divulga. Imaginaerum (2011) é um dos melhores trabalhos lançados pelo ícone finlandês do Heavy Metal sinfônico em 16 anos de carreira. E se isso não bastasse, acrescente ainda a escolha da renomada vocalista holandesa Floor Jansen (ex-After Forever, ReVamp) para assumir o posto nos shows do giro mundial, em substituição à sueca Anette Olzon, demitida do grupo no final de setembro. Os fãs cariocas que lotaram o Circo Voador, na segunda-feira (10 de dezembro), também tiveram a certeza de que seria um show singular e imperdível.

Nightwish 10-12-2012 197

Mesmo palco onde quatro anos antes o Nightwish promoveu o disco Dark Passion Play (2007), a famosa lona da Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, é também uma velha conhecida de Floor. Afinal, a carismática cantora já havia se apresentado com sua antiga banda, o After Forever, duas vezes no local, em 2005 e 2006. E foi nesse agradável clima de reencontro que o público prestigiou em peso.

Sem atração de abertura, o espetáculo teve início pontualmente às 21h30, quando Crimson Tide, tema orquestral composto por Hans Zimmer para o filme Maré Vermelha, começou a ecoar das caixas de som. Em seguida, sob efusiva recepção da plateia, Tuomas Holopainen (teclados), Emppu Vuorinen (guitarra), Marco Hietalla (baixo e voz), Jukka Nevalainen (bateria) e Floor Jansen (voz) entraram em cena, com Storytime, primeiro single de Imaginareum. No palco, um grande pano de fundo, dois painéis laterais e a plataforma onde repousava a bateria traziam ilustrações que remetiam à arte gráfica do novo CD.

Nightwish 10-12-2012 160

A dobradinha Dark Chest of Wonders e Wish I Had an Angel, do aclamado disco Once (2004), veio na sequência, mostrando a desenvoltura de Floor ao interpretar as canções da banda finlandesa, tanto da era Tarja Turunen, quanto da fase mais recente, com Anette. Isso sem falar na sua impactante performance no palco. E não é somente pelo porte físico (1,84 m de estatura, potencializados ainda mais pelo uso de salto-alto e as belas pernocas de fora), que Floor impressiona. Em aproximadamente 100 minutos de show, a holandesa dançou, “bateu cabeça” inúmeras vezes, agitou a galera e não poupou o vozeirão de meio-soprano, até mesmo em canções que exigiam mais do privilegiado gogó como Ever Dream e a épica Ghost Love Score.

O set list, idêntico ao apresentado em Porto Alegre no domingo, foi executado de forma ininterrupta, sem o tradicional, para não dizer o quase obrigatório, intervalo para o bis. A banda privilegiou os lançamentos a partir do disco Wishmaster (2000), cuja clássica faixa-título foi um dos destaques da noite, e omitiu os seus dois primeiros trabalhos, Angels Fall First (1997) e Oceanborn (1998).

Nightwish 10-12-2012 241

Como era de se esperar, o novo álbum, Imaginaerum, teve o maior número de músicas no repertório. Seis ao todo, incluindo o tema homônimo orquestrado, que fecha o CD e serviu para a despedida da banda do palco. Foi por meio delas que o flautista Troy Donockley (convidado para a turnê) iniciou sua participação no show, caindo logo nas graças do público ao reproduzir na gaita de foles a atmosfera celta/folk de faixas como a empolgante I Want My Tears Back e a linda balada The Crow, the Owl and the Dove. Ao lado da banda, o músico inglês ainda deu o seu recado na ótima instrumental Last of the Wilds, do álbum Dark Passion Play, além de participar do hit Nemo (outra do Once) e no cover de Over the Hills and Far Away, do também britânico Gary Moore.

Sorridentes e esbanjando simpatia o tempo todo, o baixista Marco e o guitarrista Emppu se deslocavam de um lado a outro do palco, enquanto comandavam as suas cordas. Embora preso aos teclados no canto esquerdo, o líder Tuomas, que iniciou o show com uma cartola, agitava a vasta cabeleira, contagiando a galera da pista e das arquibancadas do Circo. Atrás da bateria, Jukka conduzia com precisão as diversas viradas e mudanças de andamento das músicas, ao mesmo tempo em que também fazia graça, girando as baquetas.

Nightwish 10-12-2012 367

Assim como as demais apresentações da atual turnê, o mais recente show do Nightwish no Rio de Janeiro valeu o ingresso. E deixou claro que o entrosamento da banda com Floor Jansen vai muito bem, obrigado. Se no futuro, ela virá a ser efetivada como a nova voz feminina do grupo, aí só o tempo, e claro, o líder Tuomas, dirão. No que depender da vontade dos fãs, a aprovação já foi dada. E com louvor.

Set list:

Crimson Tide (tema instrumental de Hans Zimmer)
Storytime
Dark Chest of Wonders
Wish I Had an Angel
Amaranth
Scaretale
I Want My Tears Back (c/ participação de Troy Donockley)
The Crow, the Owl and the Dove (c/ participação de Troy Donockley)
Nemo (c/ participação de Troy Donockley)
Last of the Wilds (c/ participação de Troy Donockley)
Wishmaster
Ever Dream
Over the Hills and Far Away (cover de Gary Moore c/ participação de Troy Donockley)
Ghost Love Score
Song of Myself
Last Ride of the Day
Imaginaerum (instrumental)

Portal do Inferno

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário