Stay Heavy Metal Stars – Blackmore Bar – São Paulo/SP

  • Post author:

Problemas técnicos com o equipamento de som, volume dos microfones variando de altura e na maior parte do evento encoberto pelos instrumentos, convidados que não aparecem no palco pra tocar, setlist improvisado… qualquer leitor que se ativer apenas a esses detalhes pode fazer um prévio julgamento que a melhor opção para a noite de 08 de outubro no Blackmore era, na verdade, ficar em casa ou ir para outro lugar.

Se você fez esse julgamento, considere-se errado!

Com um time de grandes nomes da música nacional, gigantes do cenário como o Korzus, Genocídio, Rafael Bittencourt, Thiago Bianchi, Ivan Busic – de homenageado à participante inesperado -, Felipe Andreoli, entre vários outros grandes nomes, os problemas com a aparelhagem chegaram a passar despercebidos graças a boa atmosfera gerada pelo talento dos músicos e pela receptividade do público.

Korzus

O evento comemorativo dos oito anos do programa Stay Heavy usou como temática os clássicos dos anos 80 e 90 do Heavy Metal nacional, e homenageou as grandes bandas que surgiram na época.

A primeira banda a subir no palco foi a tão esperada banda surpresa: Korzus. Com a casa cheia, o quinteto agitou muito e apesar dos microfones estarem muito baixos já deu para ter uma noção de como seria o evento.

A apresentação da banda contou com Revolution na abertura, Discipline of Hate, I am Your God, a clássica Correria e outros grandes sucessos da banda. O mais interessante é que o set foi criado no palco!

Uma tentativa de tocar Orgasmatron do Motörhead marcou uma jam passageira antes do show do Rafael Bittencourt. A brincadeira contou com o apresentador Vinicius Neves em uma das guitarras (que só percebeu que a mesma não estava funcionando quando a musica já passava da metade ), Hudson (Comitiva do Rock) na outra guitarra, no baixo e na bateria Dick Siebert e Rodrigo Oliveira (Korzus) e no vocal Bruno Sutter (vulgo Detonator).

Stay Heavy Metal Stars

A terceira atração contou com o Rafael Bittencourt com seu projeto solo. Apesar dos 30 minutos de espera, o show foi muito bom. Devido a problemas técnicos com o equipamento do baixista Felipe Andreoli, Rafael improvisou uma excelente versão Wasted Years (Iron Maiden), pedindo licença para a temática brasileira da noite.

Contando com ótimos músicos, Bittencourt realizou uma das melhores apresentações da noite, encerrando com Nacib Veio, uma musica cantada em português com uma letra bem animada, assim como o instrumental.

Para encerrar a noite, nove jams com convidados especiais foram executadas. Entre os grandes nomes do Metal nacional homenageados nesta etapa, estiveram clássicos como Viper, Taurus, Angra, Dr. Sin, Korzus, entre outros.

A música Carry On foi a mais cantada pelo público que delirou com a excelente atuação de Tito Falaschi e Bruno Sutter nos vocais.

Stay Heavy Metal Stars

Nas homenagens ao Dr. Sin e ao Korzus, os convidados responsáveis pela bateria e vocal não compareceram ao palco, sobrando aos homenageados a função de tocar suas próprias músicas. No caso, o Ivan Busic, detonando em Emotional Catastrophe, na homenagem à sua banda (Dr. Sin) e Antônio Araújo, assumindo os vocais durante a homenagem ao Korzus.

Mesmo parecendo que a bagunça iria imperar na noite, o evento contou com a descontração dos músicos e dos fãs que tornaram o evento memorável, tudo em nome do metal nacional!

Clique aqui para ver todas as fotos deste show!

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário