The Mission (UK) – Cine Joia – São Paulo/SP

  • Post author:
  • Post published:27 de maio de 2012

O tradicional bairro da Liberdade, reduto da comunidade japonesa em São Paulo, vivenciou na noite do último domingo (27 de maio) um pouco da atmosfera dos clubes ingleses nos anos de 1980. Ícone da cena gótica, pós-punk daquela década, a lendária banda The Mission (UK) fez, no pequeno e aconchegante Cine Joia, seu único show no Brasil, válido pela turnê de comemoração de seus 25 anos de carreira.

Antes mesmo da abertura da casa, uma longa fila de fãs com camisas pretas (na maioria do próprio Mission e do Sisters of Mercy) se formou nos arredores do local. Alguns entraram de cabeça no clima da festa e foram trajados com o visual da banda no seu auge, incluindo chapéu, sobretudo e óculos escuros.

The Mission

E o motivo era mais do que justificado. Afinal, aquela amena noite paulistana seria uma oportunidade única de ver pela primeira vez, em 20 anos, o trio Wayne Hussey (vocal e guitarra), Craig Adams (baixo e vocal) e Simon Hinkler (guitarra) junto novamente em um palco. Ou seja, nada mais nada menos do que 3/4 da formação original e clássica da banda.

O setlist, baseado na fase áurea do grupo, trouxe um punhado de sucessos dos álbuns God’s Own Medicine (1986), First Chapter (1987), Children (1988), Carved in Sand e Grains of Sand (1990). O público se esbaldou em faixas como Beyond the Pale, que abriu os trabalhos, Hands Across the Ocean, Deliverance, Wasteland, Garden of Delight e Serpent’s Kiss.

Já os dois momentos mais esperados da noite fizeram uma dobradinha ainda na primeira parte do show. Hits absolutos nas rádios brasileiras da época, as músicas Severina e Butterfly on a Wheel foram cantadas em uníssono pelos fãs – muitos, inclusive, não conseguiram conter as lágrimas na segunda. No fundo do palco, projeções com imagens dos belos símbolos que marcaram a trajetória da banda ilustravam o espetáculo.

Entre goladas em uma garrafa de vinho, Wayne Hussey era a satisfação em pessoa. Feliz por tocar em São Paulo, onde vive já há alguns anos com sua esposa brasileira, o vocalista fez juras de amor à cidade e ao nosso país. Em outro momento, pediu ao público – e foi prontamente atendido – que cantasse para ele, Parabéns pra você, em alusão a seu aniversário no dia anterior. Com seus inseparáveis óculos escuros e sem esconder os cabelos grisalhos, preferiu, entretanto, não se arriscar muito no português, ficando restrito a discretos “Obrigado”. Mas, na boa, quem se importou?

The Mission

Do seu lado direito, um sorridente e “possuído” Craig Adams agitava o tempo todo. Era visível a alegria do baixista, que protagonizou o momento mais divertido da noite, ao subir e tocar deitado sobre as caixas de som localizadas na lateral do palco. Um deleite para os fãs, que registravam tudo com câmeras fotográficas, smartphones e até tablets(!). No lado oposto, um contido e compenetrado, para não dizer sisudo, Simon Hinkler, de bigode e cavanhaque, chapéu, colete e óculos escuros, esmerilhava uma Gibson SG vinho. No encerramento do primeiro bis, logo após All Along the Watchtower (cover de Bob Dylan), o guitarrista chegou a “antecipar” o final de Blood Brother, ao tocar o último acorde da música fora de hora, o que arrancou olhares espantados de Hussey e Adams, seguidos de risadas gerais. O clima era de festa.

O momento mais intimista veio no segundo bis. Sozinho no palco com sua guitarra (uma Schecter branca de 12 cordas), Hussey mandou uma bela versão acústica de Like a Child Again, acompanhado por todo o público. Depois, Like a Hurricane (cover de Neil Young) antecedeu o gran finale, a cargo da poderosa Tower of Strenght. Em uma noite inesquecível, na qual a nostalgia deu o tom e se comemorou as bodas de prata do Mission, foram os fãs que ganharam presente. E que venham mais 25 anos!

Setlist:

Intro
Beyond the Pale
Hands Across the Ocean
Serpent’s Kiss
Naked and Savage
Garden of Delight
Severina
Butterfly on a Wheel
The Grip of Disease
Wake
Wasteland
The Crystal Ocean
Deliverance

Bis

All Along the Watchtower (cover de Bob Dylan)
Blood Brother

Bis 2

Like a Child Again (Wayne Hussey solo) 
Like a Hurricane (cover de Neil Young)
Tower of Strength

Clique aqui para ver todas as fotos deste show!

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe uma resposta