Entre as bandas que se destacaram na década de 90, o Ugly Kid Joe era reconhecida pelo seu bom humor, desde seu próprio nome, até os títulos dos álbuns fazendo brincadeiras com várias referências, suas músicas, vídeos e a própria postura no palco. E depois de uma pausa de 16 anos, se havia alguma dúvida de como eles soariam hoje em dia, isso se dissipou logo nos primeiros acordes da introdução do show e da entrada do carismático Whitfield Crane.

Antes deles, a banda Pop Javali fez a abertura do show executando algumas covers para uma plateia ainda pequena, que foi chegando conforme se aproximava o horário da atração principal. Mesmo não tendo lotado a casa, o Ugly Kid Joe conquistou a todos os presentes. VIP abriu o show, sendo seguida por Dialogue, a única representante do álbum Motel California no setlist. Com as músicas divididas entre seus dois maiores lançamentos e o novo EP não houve dificuldade em ter o público em mãos.

Todo o clima de bom humor pelo qual a banda é reconhecida estava ali: os membros sorridentes pelo palco interagindo com os fãs, suas camisetas com divertidas estampas fazendo brincadeiras ou homenageando bandas clássicas e o vocalista que comandava a plateia pedindo palmas, pulos, gritos e obtendo resposta de todos. Até uma breve imitação de rebolada de Axl Rose ocorreu, assim como os trejeitos iguais aos do AC/DC durante a cover de Dirty Deeds Done Dirt Cheap, uma das surpresas, assim como outra cover Sweet Leaf do Black Sabbath.

Mas uma delas não era uma surpresa. Logo após as novas, e excelentes, No One Survives e Devil’s Paradise a banda tocou sua versão de Cat’s In The Cradle, canção que os tornaram mundialmente famosos e foi cantada em uníssono. O clima de nostalgia ia aumentando graças à performance da banda, além de Crane cantar exatamente como há 20 anos.

Milkman’s Son foi outra música muito bem recepcionada, já que era pedida pela galera, assim como God Damn Devil que, junto da já citada Dirty Deeds Done Dirt Cheap, encerrou o set não antes que Whitfield Crane pedisse para todos os presentes agradecerem ao produtor que deu a eles a oportunidade das três datas no Brasil.

Uma pequena pausa e a banda retorna com Crane anunciando que São Paulo já havia visto Freddie Mercury, Halford e Ozzy, mas que agora veria um verdadeiro vocalista, Klaus Eichstadt. O guitarrista assume o microfone e toca Mr. Recordman, mais uma surpresa para todos. Whitfield, então, retorna bancando o apresentador de game show, dizendo que “atrás de cada porta haveria uma quantidade de canções que a banda ainda tocaria”. Com todos obviamente escolhendo a porta com três canções, na sequência são tocadas God, Clover e uma das mais esperadas por todos os fãs, a clássica Everything About You, a outra música que os tornou famosos.

Fim de noite com um saldo extremamente positivo. Ficou na cara de cada fã a felicidade por ter tido a chance de rever uma das melhores bandas de rock dos anos 90, em um show divertido e bem humorado, como sempre foi conhecido o Ugly Kid Joe.

 

Setlist Ugly Kid Joe:

Intro
V.I.P.
Dialogue
Neighbor
Jesus Rode a Harley
C.U.S.T.
Panhandlin’ Prince
No One Survives
Devil’s Paradise
Cat’s in the Cradle (Harry Chapin cover)
I’m Alright
Tomorrow’s World
You Make Me Sick
Milkman’s Son
Sweet Leaf (Black Sabbath cover)
Madman
God Damn Devil
Dirty Deeds Done Dirt Cheap (AC/DC cover)

Bis:

Mr. Recordman (com Klaus Eichstadt nos vocais)
God
Clover
Everything About You

Deixe um comentário