Por: (Arte Metal)

Os poloneses do Ulcer chegam ao seu terceiro trabalho de estúdio mantendo sua proposta apresentada no disco anterior Grant Us Death (2013). O novo disco até parece uma continuação natural de seu antecessor, salvo algumas básicas exceções.

O sexteto de Lublin iniciou sua carreira apostando mais no Brutal Death Metal, mas hoje traz influências do Metal sueco de nomes como Entombed e Grave e alia a isso alguns elementos particulares que são absorvidos de nomes conterrâneos como Vader e Behemoth, mas guardada as devidas proporções, afinal o Ulcer é uma autêntica banda de Death Metal.

Sua sonoridade com guitarras hiper distorcidas se alia a leves linhas sombrias de teclados e uma variação interessante de ritmos. Outro fator diferencial é que a banda possui dois vocalistas que cantam na linha gutural, mas deixam essa parte mais versátil e interessante. A bateria Wizun é um dos destaques individuais, sendo que o músico explora seu kit da melhor forma possível e se mostra um grande mestre no pedal duplo.

Ódio e misantropia são os carros chefes das temáticas nas letras e todas as faixas soam realmente interessantes e mostram que Heading Below tem no conjunto da obra sua força principal. O Death Metal do Ulcer agradará os apreciadores do estilo, afinal abrange facetas interessantes do mesmo.

ulcer-heading-below-front

Nota: 8,0

Tracklist:

01. Down Below
02. Fiends Forever
03. Sights to See
04. All in Vain
05. The Phantom Heart
06. You Called, We Came
07. Miscarriage’s Lullaby
08. Howl of the Jackal
09. Enshrouded in Nothingness

Links sobre a banda:

Facebook / Reverbnation

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.