Por: (Arte Metal)

Na música, não só no Metal há algumas premissas. Como o primeiro disco ser a explosão de criatividade, o segundo a evolução natural e o terceiro a consolidação final. Nem sempre as bandas conseguem atingir tais premissas, mas no caso do Woslom é no alvo.

Afinal, Time to Rise (2010) mostrou ao que a banda veio, Evolustruction (2013) a guinada natural e este novo trabalho traz a banda não só se consolidando com sua sonoridade característica, mas também como um dos principais nomes do Thrash Metal nacional na atualidade.

Com influências nítidas do Speed Metal criado por nomes como Metallica e Megadeth, a banda traz um trabalho sólido de guitarras, com aulas de riffs, solos primordiais em composições de estruturas praticamente perfeitas. Claro que, com a ajuda da cozinha que transmite linhas de baixo fundamentais segurando a onda e uma bateria correta, versátil e que dá o ritmo necessário e na hora certa.

A banda trabalhou tão bem em algumas composições que criaram verdadeiros hinos e causou até certo desequilíbrio entre as faixas. Músicas como a longa faixa título e ‘acessível’ Rendemption são obras primas de longe e talvez ao lado de Lords of War (a que chega mais perto do nível de ambas) formam a trinca fundamental no disco.

Não que as outras composições sejam ruins, aliás são ótimas, é que as citadas estão muito acima da média e conseguem atrair quase que todo o foco. Tudo tendo uma produção de alto nível, com timbres agradabilíssimos e o peso na medida certa, trabalho feito pela própria banda no Acústica Studio, com mixagem de Danilo Pozzani e masterização de Neto Grous no Absolute Master. Arrebentaram.

woslom_frontcover_anearlifeexperience

Nota: 9,0

Tracklist:

01. Underworld of Aggression
02. A Near Life Experience
03. Brokenbones
04. Lapses of Sin
05. Redemption
06. Unleash Your Violence
07. Lords of War
08. Total Speed Thrash
09 Thrasher’s Return

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.