Por: (Arte Metal)

O Demigod é um dos principais nomes do Death Metal finlandês que surgiu durante a era de ouro do estilo. A banda se dissolveu duas vezes, sendo que o último retorno aconteceu em 2010 e o grupo perdura até os dias de hoje, infelizmente sem ter lançado nenhum álbum, por enquanto.

Slumber of Sullen Eyes, foi lançado originalmente em 1992, via Drowned Productions e agora ganha uma versão com capa refeita e bônus. A iniciativa uniu os selos Xtreem Music e MDD records, grandes especialistas em soltar trabalhos do Metal extremo mundial.

A época um pouco à frente de seu tempo, o Demigod mostrava neste debut um Brutal Death Metal diferenciado (o estilo nem existia ainda), trazendo técnica e agressividade em tempos que riffs eram mais diretos e menos complexos do que os que aparecem no disco.

Timbres menos rústicos e solos melódicos fazem parte do conjunto da obra, e o trabalho de cozinha prima a coesão e transforma as levadas em algo caótico de se ouvir. Tudo tendo à frente vocais cavernosos que vomitam temas de misticismo, morte e escuridão, isto é, não fugindo muito do comum.

A produção é algo que soava também à frente de seu tempo e traz algo mais polido, apesar de um pouco estridente. Lembrando que Slumber of Sullen Eyes foi gravado no tradicional Tico-Tico Studio, na Finlândia, com produção da própria banda. O relançamento traz de bônus a demo Unholy Domain, lançada originalmente em 1991.

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Apocryphal (Intro)
  2. As I Behold I Despise
  3. Dead Soul
  4. The Forlorn
  5. Tears of God
  6. Slumber of Sullen Eyes
  7. Embrace the Darkness / Blood of the Perished
  8. Fear Obscures from Within
  9. Transmigration Beyond Eternities
  10. Towards the Shrouded Infinity
  11. Perpetual Ascent
  12. Darkened (bonus)

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.