Por: (Arte Metal)

“Night of The Demon” é o primeiro disco dos britânicos do DEMON e possui uma das capas mais emblemáticas do cenário Rock/Metal de todos os tempos. Este trabalho quase quadragenário chega ao mercado brasileiro através da  Hellion Records, que relança a versão japonesa, remasterizada e com bônus.

Musicalmente, apesar de o DEMON ser um dos precursores da NWOBHM, a banda traz diversas influências comuns da época. Tais quais do Rock clássico setentista, o Hard Rock e, claro, o Heavy Metal. Sempre com a veia soturna da banda (nas devidas proporções) e o peso, que era considerável em 1981.

Guitarras com uma qualidade imprescindível a cargo de Malcom Spooner (falecido em 1984) e Les Hunt, este último responsável por solos de extremo bom gosto e que se incorporava às músicas como pouco se vê hoje. Tudo com uma cozinha potente, com o baixo a cargo também de Hunt, com a bateria de John Wright.

Aliás, a seção rítmica ajuda muito a incluir certo ‘groove’ nas composições, influencia advinda da década de setenta, que não havia muito tempo que se passara. Tudo com fortes refrãos e pegajosos, além de uma energia que traz dinamismo e ao mesmo tempo certo ar negativo, coisa que só o DEMON conseguia fazer.

Destaques? Aos montes, Night of the Demon, a introspectiva Father of Time, Liar, a ‘rockeira’ Big Love e a balada ‘quase blues’ Fool To Play The Hardway. Nesta versão são quatro bônus, sendo as músicas Wild Woman e On The Roads Again, singles lançados originalmente após o álbum, além de versões alternativas de Liar e da faixa título, esta última remixada. Edição de colecionador.

Demon - Night of the Demon

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Full Moon
  2. Night of the Demon
  3. Into the Nightmare
  4. Father of Time
  5. Decisions
  6. Liar
  7. Big Love
  8. Ride the Wind
  9. Fool to Play the Hard Way
  10. One Helluva Night
  11. Wild Woman (b-side single)
  12. On the Road Again (previously unreleased)
  13. Liar (1st recording 1980)
  14. Night of the Demon (remix 1988)

Link sobre a banda: 

Site

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.