Por: (Arte Metal)

O Metal brasileiro e sua prolífica cena… Ao menos em revelar grandes nomes, inclusive os que não deram certo. O REVENGE, de São Paulo/SP, é um destes últimos e a Hellion Records ajuda a resgatar esse trabalho, bem ocultado no cenário e que traz uma musicalidade incrível.

A banda contou em suas fileiras com nomes que integram ou integraram bandas como BANDANOS, PRIME MOVER, ANGRA, entre muitos outros. Sendo que os nomes mais marcantes que passaram pelo Revenge foram o tecladista Fabio Ribeiro (ex-ANGRA, ANDRÉ MATOS, etc) e o vocalista Mario Pastore (ex-DELPHT, TAILGUNNERS, etc). Mas não necessariamente gravaram este trabalho.

A formação aqui traz Fernando Vinei (vocal), Affonso Jr (guitarra), Marcos Pessoto (baixo) e Armando Jr. (bateria). Mas, o que imposta é o som, e temos em mãos algo que vai fazer a gente se questionar: como a banda não deu certo? Pois temos aqui algo a frente de seu tempo e que caminha lado a lado com nomes como VIPER e HARPPIA, por exemplo, que vingaram de certa forma.

Transitando entre o Heavy e o Power Metal, o quarteto mostrava técnica apurada e ricos arranjos. Tudo sem se utilizar de muitos recursos, se utilizando de fortes melodias nas guitarras, que mostravam claras influências do erudito. Tudo com uma seção rítmica com um baixo vibrante, imponente e uma bateria versátil, com viradas estratégicas.

Fernando Vinci se mostra um baita vocalista, desde sua interpretação equilibrada, até a dicção de seu inglês, idioma adotado à época, mas que o brasileiro pouco dominava. A produção do trabalho, um pouco estridente, mostrava os percalços da época, mas “Rhapsody From Brontoland” é tão bom, que isso vira um mero detalhe. Ouça faixas como Mélodie pour une temps, Atlantis e Fallen Hero. A capa, do renomado Marcatti, é um show à parte.

Revenge - Rhapsody from Brontoland

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Rhapsody’s Overture
  2. Rhapsody from Brontoland
  3. Mélodie pour une temps
  4. Darklands
  5. A Blue Dream in the Dark
  6. Thrash Legions
  7. Atlantis
  8. Fallen Hero

Link sobre a banda:

Hellion Records

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.