Horna – Blood Rock Bar – Curitiba/PR

  • Post author:

A noite de 30 de outubro será lembrada pelos fãs de Black Metal por ter sido a primeira apresentação do Horna no Brasil e pelo retorno do Murder Rape aos palcos. A produtora responsável pelo evento foi novamente a Neural Machine, que já trouxe pra Curitiba outras bandas do estilo, como Mayhem e Nargaroth.

Murder Rape - Curitiba

A casa não estava lotada, mas certamente havia um bom público no local. Houve um considerável atraso para os shows começarem, mas aproveitamos para beber e conversar com os amigos que nem sempre podemos encontrar, além de podermos curtir um som mecânico com um playlist bem selecionado e, diga-se de passagem, adequado para o evento.

A expectativa era grande pra ver o Murder Rape, que não se apresenta na cidade desde 2009. Quando a banda finalmente subiu ao palco o público pôde testemunhar um show insano, com direito a duas cabeças de porco nas laterais do palco, sangue de boi e hóstias jogadas para o público. Foram executadas algumas músicas novas (que estarão no próximo cd) e também as antigas, como Embassy of Satan, Echoes From The New Millenium, Black Hateful Melody e o hino Morbid Desires, na minha opinião uma das melhores músicas deles. Pra fechar o set, um cover de In League With Satan (Venom).

Murder Rape - Curitiba

Esse show foi o primeiro com o novo vocalista Sadistic Punisher, que tem um visual imponente, mas ainda pode melhorar a comunicação com o público e a presença de palco. Mas isso é apenas um detalhe, pois realmente foi um ótimo show! Completam a formação Agathodemon no baixo (o único membro original), Maleventum na guitarra (ex-Infernal, ex-Imperious Malevolence) e Warhate na batera (ex-Infernal, ex-Fornication). A banda se apresentou como quarteto, devido à saída do guitarrista (e um dos fundadores) Ipsissimous. Apesar dessa ausência, a nova formação não decepcionou em momento algum, na verdade muita gente considerou esse o grande show da noite, sem exageros!

Após uma certa enrolação para o Horna começar, uma parte do público já tinha ido embora, infelizmente. É uma pena saber que nem todos ficaram pra conferir e prestigiar a banda finlandesa. O quinteto, que existe desde 1993, também é muito poderoso ao vivo, destaque para o vocalista Spellgoth, que estava descalço e vestido como sacerdote. Ele protagonizou algumas performances bizarras, quem não conhecia a banda não sabia o que estava por vir: o vocalista fez coisas como cuspir (ou seria escarrar?) numa cruz e deixar aquilo tudo escorrer da mão dele até o chão durante a música… Ah sim, a mão esquerda, claro! Achou pouco? Já perto do final do show ele vomitou no palco e se abaixou para lamber aquela zoeira toda, é o tipo de coisa que somente seres perturbados fazem, hehe! Claro que essas performances dividem opiniões, mas o importante mesmo é que a banda fez um show muito bom e o aspecto musical não deixou nada a desejar.

Horna - Curitiba

A banda não tinha setlist no palco, então vou ficar devendo a ordem das músicas executadas. Mas enfim, fica a sugestão pra quem ainda não conhece muito bem o Horna, vale lembrar que seu álbum Ääniä Yössä, de 2006, foi lançado no Brasil com uma faixa bônus pela Evil Horde Records, cujo proprietário é o Agathodemon, baixista do Murder Rape.

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário