Paradise Lost – Carioca Club – São Paulo/SP

  • Post author:
  • Post published:9 de dezembro de 2012

Considerado um dos grandes precursores do chamado “Doom Metal”, e responsável também pela denominação de um estilo que viria a ser chamado de “Gothic Metal”, claramente influenciado pelo seu álbum Gothic lançado em 1991, os ingleses do Paradise Lost desembarcaram mais uma vez no Brasil, no último sábado, 8 de dezembro, para uma única apresentação no Carioca Club, em São Paulo. O quinteto formado por Nick Holmes (vocal), Gregor Mackintosh (guitarra), Aaron Aedy (guitarra), Steve Edmondson (baixo) e Adrian Erlandsson (bateria), voltava então ao País depois de quatro anos, dessa vez para divulgar o seu mais recente trabalho, o já aclamado Tragic Idol, lançado em abril.

Talvez pelo fato do calor que fazia durante a tarde, muitos deixaram para chegar ao local próximo do horário de início do show, programado para 19h30. E foi só a partir daí que realmente pudemos constatar que a casa recebeu um ótimo público para essa apresentação. E para quem já estava ansioso, não demorou muito para o tão aguardado momento chegar.

Por volta das 19h40, as poucas luzes (que dificultariam, e muito, o trabalho dos fotógrafos) se apagaram e a rápida intro Desolate começou. Um a um, os membros da banda surgiram no palco, e iniciaram o show com a clássica Widow. Seguiram com Honesty In Death, ótima faixa do mais recente trabalho, também muito bem recebida pelo público. Sem muita conversa, anunciaram Erased, muito conhecida e certamente uma das mais aguardadas da noite, com seu cativante refrão. A sempre indispensável Enchantment, do clássico Draconian Times, deu prosseguimento ao show e foi um momento bastante marcante. Uma pena que seria a única da noite pertencente a este grande trabalho, considerado por muitos o melhor lançado pela banda até hoje. A próxima foi a rápida Soul Courageous, e logo depois veio mais uma do novo trabalho, In This We Dwell, que também funcionou muito bem ao vivo.

Aliás, em show como esse, é impossível não destacar o entrosamento que eles possuem, afinal, são quase 25 anos tocando juntos. O único integrante que se juntou a eles mais recentemente (em 2009) foi o baterista Adrian Erlandsson (At The Gates, Brujeria, ex-Cradle of Filth, entre muitas outras), mas o cara é tão bom e experiente que parece que toca com eles desde o início da banda. As coisas ficaram um pouco mais calmas com o anúncio de Praise Lamented Shade, mas a dobradinha que veio em seguida colocou todo mundo pra agitar novamente. E não poderia ser diferente, pois era a hora de Pity The Sadness e As I Die. É claro que Nick já não as canta da mesma forma como foram gravadas, mas, mesmo assim, elas ainda se destacam bastante nos shows, tamanha sua importância.

Trocando poucas palavras com o público, o grupo não perdia tempo. Assim, logo chegou o momento de One Second, para todo mundo cantar a plenos pulmões novamente. E encerrando a primeira parte, tivemos ainda a faixa-título do último trabalho Tragic Idol e a ótima The Enemy. Após uma rápida pausa, a banda retornou com mais um clássico: Embers Fire. Sem novidades em seu setlist, apesar dos inúmeros pedidos de músicas por parte dos fãs, vieram então Fear of Impending Hell, que teve alguns problemas com o som durante sua parte final, e Faith Divides Us – Death Unites Us, e mesmo se tratando de músicas mais recentes, não deixaram o ânimo do público diminuir.

phoca thumb l 020

E para finalizar essa grande noite, tivemos ainda Say Just Words, que fez a galera gastar as últimas energias que ainda restavam com o calor que fazia no Carioca Club. A banda rapidamente se despediu, agradeceu mais uma vez a presença do público e saiu do palco, bastante aplaudida por todos. Infelizmente, foi uma apresentação bem rápida, com cerca de 1h25 apenas, e com um setlist exatamente igual ao que banda fez durante os últimos shows realizados na Europa, até o final de outubro. Mesmo assim, Nick Holmes e companhia conseguiram agradar a grande maioria do público presente.

Set list:

Desolate (intro)
Widow
Honesty In Death
Erased
Enchantment
Soul Courageous
In This We Dwell
Praise Lamented Shade
Pity The Sadness
As I Die
One Second
Tragic Idol
The Enemy

Bis:

Embers Fire
Fear of Impending Hell
Faith Divides Us – Death Unites Us
Say Just Words

Clique aqui para ver todas as fotos desse show!

Redação

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe uma resposta