Por: (Arte Metal)

O MADBALL chega ao seu nono disco de estúdio e mostra porque é um dos maiores nomes do Hardcore nova-iorquino em todos os tempos. Impressiona como uma banda com trinta anos de carreira não soa antiquada, mantém suas características e sem parar no tempo.

Um dos discos mais abrangentes da banda, “For The Cause” traz uma energia de iniciantes (no bom sentido) e mostra uma gana difícil de descrever, e talvez seja um dos trabalhos mais versáteis. Hardcore, Metal e Punk Rock fazem parte dessa versatilidade, fazendo com que o trabalho agrade a gregos e troianos.

Primemos pelo instrumental que traz bases de guitarras pesadíssimas, que transitam por riffs oriundos do Hardcores tradicional, Punk e se enveredam várias vezes pelo Thrash Metal, mostrando que a banda soa também agressiva. O baixo enfatiza o peso com o ‘groove’ necessário, sempre presente nas composições da banda.

Quem gosta de porrada vai enlouquecer com Smile Now Pay Later, a total Hardcore Rev Up e Evil Aways que conta com participação especial de ICE-T (BODY COUNT). Quem prefere um Groove Metal (praticamente), ouça Old Fashioned e Es Tu Vida, esta última cantada em espanhol. O Punk Rock agressivo aparece em Lone Wolf e a com cara de hino e um riff bacana, For You.

A produção a cargo da banda e de Tim Timebomb é a prova cabal de que o MADBALL realmente não parou no tempo, sabendo equilibrar o que é essencial para a sua música aproveitando bem as tecnologias atuais, sem cair nas modernices baratas. Que trabalho sensacional.

Resultado de imagem para Madball – “For The Cause”

Nota: 9,0

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.