Por: (Arte Metal)

O sujeito que se diz apoiador da cena e que levanta a bandeira do underground, mas ainda não conhece o programa de web rádio Roadie Metal, está cometendo um grave erro. Afinal, o veículo que hoje além de programa radiofônico, é site e assessoria de imprensa só fez crescer e se expandiu por todo o país, trazendo inclusive a coletânea que carrega seu nome e já está em seu sétimo volume.

Neste caso, a nova edição é exatamente esta que iremos resenhar e, sinceramente, apenas daremos um empurrão, pois elogiar a iniciativa é chover no molhado. Afinal, trazer um CD duplo, com embalagem bem legal, quase quarenta bandas distribuídas em 160 minutos de música pesada já é merecedor de muitos elogios.

Mas, vamos a alguns pontos fortes (que não são poucos) da coletânea que já traz alguns nomes conhecidos do underground nacional, tais como Syren, Tropa de Shock, Válvera, Makinária Rock, Voodoopriest, Forkill, Demolition e Hellmotz. Todos estão na luta, mas possuem certo espaço conquistado e não é pra menos, pois são talentosíssimos naquilo que se arriscam.

Coletâneas assim não têm como escapar de altos e baixos, principalmente em se tratando de produção sonora. Até porque no caso da Roadie Metal a gravação fica por conta de cada banda. Porém, sem exageros ou demagogia (o CD está aí pra quem quiser ouvir), nenhuma gravação é de baixa qualidade e/ou compromete o trabalho.

Assim como há as bandas que estão um passo à frente das outras, há aquelas que precisam apenas de ajustes, mas nenhuma sem talento. Dentre as mais promissoras estão Dolores Dolores e seu Hard/Heavy Progressivo, Underload, que coincidentemente segue a mesma linha com uma dose a mais de melodia, além da Overhead e seu Rockão pesado cantado em português.

Outras gratas surpresas ficam por conta da Kryour, Criminal Brain e Handsaw que junto com Death Chaos e Dioxina representam bem o Metal extremo e seus tentáculos. Essas menções são realmente às que chamaram atenção desde uma primeira audição, o que não desqualifica as bandas aqui não forma citadas, afinal como dito antes, a falta de talento é nula no trabalho.

O melhor de tudo é que a Roadie Metal não é comercializada e é distribuída gratuitamente. Basta ouvir o programa no Canal Felicidade as quintas a partir das 20h30 e aos sábados às 14h40, participar com o apresentador e idealizador Gleison Junior e torcer pra levar uma cópia deste conceituado trabalho. Mais um ‘trampo’ que enaltece a cena underground nacional.

Nota: 8,0

Tracklist:

CD 01:

  1. Syren: Motordevil (Rio de Janeiro/RJ)
  2. Tropa de Shock: Inside The Madness (São Paulo/SP)
  3. Válvera: Cidade Em Caos (São Paulo/SP)
  4. Dolores Dolores: I Was Wrong (Belo Horizonte/MG)
  5. Underload: Let It Go (Caxias do Sul/RS)
  6. Makinária Rock: Eleição ou Gozação (São Paulo/SP)
  7. Heryn Dae: Heryn Dae (São Francisco do Sul/SC)
  8. Overhead: Overhead (Bauru/SP)
  9. Normandya: Lost Seasons (Angra dos Reis/RJ)
  10. Fenrir’s Scars: Downfall (Campinas/SP)
  11. Blessed In Fire: Blessed In Fire (Salvador/BA)
  12. Apeyron: The Dance of Fire (Belém/PA)
  13. S.I.F.: Puritania (Rio de Janeiro/RJ)
  14. Gravis: Ladrão (Fortaleza/CE)
  15. Vate Cabal: A Extração da Pedra da Loucura (São Vicente/SP)
  16. Underhate: Revolution Day (Brasilia/DF)
  17. Eduardo Lira: Sunrise (Rio de Janeiro/RJ)

CD 02:

  1. Voodoopriest: Juggernaut (São Paulo/SP)
  2. Monstractor: The 4th Kind (Rezende/RJ)
  3. Forkill: Let There Be Thrash (Rio de Janeiro/RJ)
  4. Kryour: Chaos of My Dream (São Paulo/SP)
  5. Criminal Brain: Victim (Petrópolis/RJ)
  6. Handsaw: Supreme Being (Curicíca/RJ)
  7. Dying Silence: Sem Concerto (Campinas/SP)
  8. Demolition: Infected Face (Governador Valadares/MG)
  9. Deadliness: Guerreiros do Metal (Itaúna/MG)
  10. Hellmotz: Wielding The Axe (Campo Grande/MS)
  11. Death Chaos: House of Madness (Curitiba/PR)
  12. Melanie Klain: Lavagem Celebral (Mococa/SP)
  13. Psychosane: Road (Ribeirão Preto/SP)
  14. As Do They Fall: Nemesis (Veranópolis/RS)
  15. Dioxina: Sombras (São Paulo/SP)
  16. Heavenly Kingdom: Hungry Misery and Pain (Cubatão/SP)
  17. South Hammer: Harley My Motorcycle (Pelotas/RS)
  18. Crush: Pedrada (Fortaleza/CE)

Links sobre a coletânea:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.